Otimização de Desktop

Informações sobre implementação e gerenciamento de PCs e dispositivos corporativos

Conheça o Microsoft Diagnostics and Recovery Toolset – DaRT 7.0


DaRT_bLVocê já se deparou com algum problema onde foi preciso fazer a reinstalação do Windows para recuperar a máquina? Tela azul, arquivos corrompidos, volume danificado, hotfix que não pôde ser removido, malware persistente, driver ou serviço corrompido…

Quanto tempo o seu cliente fica sem trabalhar quando um problema desses ocorre?

Se você infelizmente já passou por essa situação saiba que existe uma ferramenta da Microsoft feita especialmente para você: chama-se Diagnostics and Recovery Toolset (DaRT).

O DaRT é composto por 14 ferramentas que permitem principalmente manutenção em PCs que não conseguem carregar o Windows por algum motivo. Está disponível para Windows XP/Server 2003, Vista/Server 2008 e Windows 7/Server 2008 R2.

Atualmente na versão 7.0, a grande novidade do DaRT é a possibilidade de suporte remoto (KVM remoto) diretamente pelo ambiente de recuperação (sem carregar o Windows), sem a necessidade de deslocamento físico do técnico de suporte.

Ele é um produto que faz parte do Microsoft Desktop Optimization Pack (MDOP), mas teve sua origem como “ERD Commander” da antiga Wininternals (adquirida pela Microsoft em 2006).

Durante o estágio Beta o DaRT 7 teve seu download liberado para testes. Agora que está na versão final ele faz parte do MDOP.

As formas de implementação do ambiente de recuperação do DaRT são bem flexíveis, suportando CD, DVD, boot PXE (ex.: Windows Deployment Services), USB (pendrive/HD), ou partição local de recuperação.

Você se lembra do artigo que escrevi sobre como criar partição de recuperação do Windows 7? Você pode incluir o DaRT 7 nesse processo, evitando ao máximo a reinstalação do PC.

Eu registrei abaixo alguns processos para que você possa conhecer:

  • Instalação do DaRT
  • Criação da mídia de recuperação
  • Processo de suporte remoto (a grande novidade do DaRT 7.0)
  • Visão geral das ferramentas

Clique nas imagens para exibição em tamanho real.

Instalação do DaRT (nos PCs dos técnicos de suporte).

imageimage

É basicamente Next, Next, Finish. Você só deve fazer essa instalação nas máquinas dos técnicos que vão criar a mídia de recuperação ou iniciar a sessão de suporte remoto.

Importante lembrar que para gerar a mídia de recuperação do DaRT ou fazer análise de dump de memória é preciso instalar o Debugging Tools for Windows.

Criação da mídia de recuperação:

Durante a criação você precisa indicar o caminho dos arquivos de instalação do Windows para que o DaRT possa reaproveitar o ambiente de recuperação que já vem no Windows, para a partir daí incluir suas ferramentas de diagnóstico e reparo.

imageimage

Na figura abaixo eu desativei algumas ferramentas para execução local. Isso permite restringir ao suporte remoto o uso de ferramentas como a que permite trocar senhas de usuários local, aumentando a segurança do ambiente de suporte.

Na próxima tela você escolhe a opção de permitir ou não o suporte remoto nos PCs que forem iniciados a partir dessa mídia, com a opção (novidade do Beta 2) de escolher uma porta fixa de acesso remoto.

dart_tools_selectdart_porta

Lembre-se de instalar o Debbuging Tools com antecedência, caso contrário você não deverá avançar.

Como o DaRT acompanha uma ferramenta antimalware (antispyware+antivírus) você tem a opção de baixar automaticamente a atualização via internet ou fazer isso manualmente.

imageimage

Se por algum motivo você tiver PCs que precisam de algum driver especial de disco ou rede esse é o momento para fazer essa inclusão. Na sequência você pode incluir outras ferramentas que farão parte da mídia de recuperação, deixando-a ainda mais poderosa.

imageimage

Ao final desse processo um arquivo .ISO será gerado. Consulte o próprio Help do DaRT para saber como reaproveitar esse arquivo em outros métodos de distribuição como citado anteriormente.

imageDaRT - gravar DVD

Lembre-se que se você instalar o DaRT no Windows 7 x64 você só vai conseguir gerar mídia de recuperação 64-bits. Se você precisa gerar mídia de recuperação x86 você deve usar Windows 32-bits (pode usar máquina virtual para isso).

Suporte Remoto quando o PC não consegue carregar o Windows

Agora que você já criou a mídia de recuperação chegou a hora de usá-la. No meu caso eu aproveitei o .ISO para iniciar uma máquina virtual que tem o Windows 7 instalado.

Assim que o boot é realizado por essa mídia a instalação do Windows será identificada (se você não ver nada nessa tela é porque provavelmente você precisa incluir o driver da controladora do disco). Lembre-se que se o disco estiver protegido pela criptografia Bitlocker será preciso entrar com a senha de recuperação do disco antes de prosseguir com a manutenção.

image

A tela a seguir mostra o ambiente de recuperação que já acompanha o Windows 7. Perceba que o DaRT incluiu mais uma opção no final dessa lista. Ao clicar nesse link você verá todas as ferramentas localmente disponíveis.

Note que algumas ferramentas não estão disponíveis nesse momento porque eu fiz essa restrição no momento da criação da mídia (clique na imagem para ver em tamanho original).

imagedart_ferramentas

Para acionar o suporte remoto clique em “Remote Connection”. Anote o número do ticket, endereço IP e porta de comunicação. Se você precisa especificar IP fixo clique na ferramenta TCP/IP na tela inicial do DaRT. Se a placa de rede não foi reconhecida provavelmente você vai precisar incluir o driver no momento da criação da mídia.

dart_iniciar_remote

A partir de algum PC onde você instalou o DaRT carregue o “DaRT Remote Connections Viewer”

image

Na tela de “Ticket Information” digite os dados anotados a partir da máquina a ser suportada e clique em “Connect”. Pronto, você já está controlando remotamente o PC. Note que a partir desse momento todas as ferramentas do DaRT estão disponíveis, inclusive as que estavam desabilitadas.

dart_connectdart_conectado

Novidade: No DaRT 7 Beta 3 é possível automatizar o processo de suporte remoto ao DaRT. Removendo a necessidade de intervenção física de alguém na frente do PC a ser suportado.

Pergunta: e se o usuário interromper a conexão remota, ele consegue usar as ferramentas restritas? Resposta: As ferramentas que você definiu como desativadas localmente voltarão ao estado desativado. Faça o teste!

Visão geral das ferramentas que compõem o DaRT (clique na imagem para ver no tamanho original):

Solution Wizard: Assistente de solução de problemas para orientar qual a melhor ferramenta a ser usada com base no atual sintoma.

image

TCP/IP Config: para definir IP fixo se necessário (IPV4 ou IPV6)

image

ERD Registry Editor: caso você precise fazer alguma mudança no registro do Windows mas que por algum motivo não consegue, ou não deve, fazer com o Windows carregado.

Editor de Registro

Locksmith: sabe aquele caso onde tiramos o PC do domínio e não sabemos a senha do usuário admin local? Pois é, essa ferramenta permite trocar essa senha, permitindo logon local no PC para fazer o reingresso ao domínio.

Troca de senha de usuário local

Crash Analizer: Você indica o arquivo contendo o dump de memória e ele te mostra o que ocasionou a Tela Azul (no caso abaixo foi um driver). Você pode carregar o Computar Management do DaRT e controlar a inicialização desse driver, desabilitando-o. Você pode fazer o mesmo com serviços ou outros programas de carregamento automático.

image

Computer Management: permite coletar informações da máquina, verificar informações do disco e controlar a inicialização de drivers, serviços e aplicativos. Se foi um driver que gerou a tela azul (o Crash Analizer pode fazer esse diagnóstico) é por aqui que você pode desabilitá-lo.

dart_management

Disk Wipe: Ferramenta para remover todo o conteúdo do disco rígido, evitando que arquivos ou partições possam ser recuperados (usa um algoritmo do Departamento de Defesa Norte Americano). Muito útil quando você precisa se desfazer de algum PC antigo.

image

Hotfix Uninstall: Sabe aquele hotfix que por algum problema não consegue ser removido a partir do Windows? Essa ferramenta permite removê-lo “na marra”. Como o Windows não está carregado a eficácia é maior. Importante: Não funciona para Service Pack do Windows porque ele não suporta instalação/remoção em modo offline.

image

SFC Repair: Para reparar algum arquivo de sistema que pode ter sido corrompido ou substituído inadequadamente.

image

Standalone System Sweeper: Para remover aquele spyware ou vírus que o antivirus tradicional não consegue remover por estar carregado em memória.

image

Disk Commander: para reparar volumes danificados.

image

File Restore: para recuperar arquivos excluídos

image

15 Respostas para “Conheça o Microsoft Diagnostics and Recovery Toolset – DaRT 7.0

  1. Vinicius Perrott 06/04/2011 às 11:04

    Muito bom esse DaRT é verdadeiramente um canivete suiço!

    Já usei para remover um hotfix e trocar a senho do admin local.

    EU RECOMENDO

    @viniciusperrott

  2. Ricardo Martins 06/04/2011 às 11:17

    Prezado Marcelo,
    Muito interessante este post. Você me autoriza a republicar ele no meu blog citando a fonte?

    Grande abraço,
    Ricardo.

  3. Bruno Ferreira 07/04/2011 às 00:31

    Grande Marcelo excelente contribuição para a comunidade como sempre, assisti seu webcast do MDOP 2011 essa semana e achei sensacional. Essa ferramente parece ser a solução pra muita dor de cabeça da gente que trabalha com suporte, vou baixar o beta e acompanhar o seu tutorial para me orientar. Abraços!

  4. Bruno 27/04/2011 às 01:55

    Estou testando o DaRT aqui e é realmente muito bom, mas tive um problema com o Crash Analyzer, ele pede para localizar o Debbuging Tools. Onde ele fica armazenado na ISO? Na máquina do usuário ele não existe.

    • marcelomatias 27/04/2011 às 10:53

      Bruno, no artigo há o link para baixar o Debugging Tools for Windows. Você precisa dele para usar o Crash Analizer.

      • Bruno Ferreira 27/04/2011 às 11:31

        Obrigado Marcelo, realmente eu vi que não havia instalado o Debugging Tools, tinha entendido que a ISO só seria criada mediante a existência dele, mas pude criar a ISO sem problemas mesmo sem a presença dele. Depois baixei o DT, criei uma nova ISO e o Crash Analyzer funcionou. Infelizmente nada disso ajudou, meu notebook não inicia mais depois que foi feita a atualização pro SP1. Surge o logo do Windows e logo após uma tela preta. Em modo seguro ele antes iniciava dizendo que estava revertendo o SP1 mas depois que concuiu a reversão também não iniciou mais. Tentei também o Hotfix Uninstall mas percebi que apesar dele dizer que removeu ao iniciar o DaRT novamente eles estão todos lá novamente. E pra finalizar o SFC Repair não conseguiu nem começar o processo. Mais alguma sugestão que possa vir a resolver?
        Obrigado desde já!

      • marcelomatias 27/04/2011 às 19:27

        Bruno, no do SP1 recomendo consultar o forum technet. Existem varias discussões sobre como resolver problemas de instalação. O mais recente tem relação com imagem de instalação do Windows 7 com vários idiomas.

  5. Ricardo Salgueiro 16/06/2011 às 08:49

    muito bom, parabens.
    é muito util e muitos sequer imaginam que tenhamos esta solução disponivel.
    chega de formatar novamente….

  6. isaiasfreitasias 06/09/2011 às 09:13

    Como baixa ele. preenchi os dados do cdstro ms da erro .
    “O programa nao esta disponivel para auto indicaçao”.

    agradeço a atençao.

    • marcelomatias 06/09/2011 às 18:34

      Isaias, a versão beta do DaRT não está mais disponível para testes. Desde o lançamento do produto ele está disponível para clientes que tem MDOP no contrato por volume, ou para pessoas que têm assinatura paga TechNet ou MSDN. Infelizmente não há versão pública para avaliação.

  7. Felipe Fidelis 10/06/2012 às 02:41

    Olá Marcelo. Qual a melhor maneira de disponibilizar um micro com o Dart, imagem de recuperação(WinRE) e o SO de forma automatizada?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: