Otimização de Desktop

Informações sobre implementação e gerenciamento de PCs e dispositivos corporativos

Como licenciar o Windows em ambiente VDI


Independente da plataforma utilizada para virtualização centralizada de desktops (Microsoft, Citrix, VMWare…) o Windows virtual (XP, Vista, Windows 7) precisa ser licenciado adequadamente.

Se você compra PCs com Windows 7 pré-instalado (canal OEM), e gostaria de mover essa licença para um ambiente virtual centralizado a resposta é: não pode. Isso fere os termos de uso do canal OEM, que tem amarração ao hardware que a acompanha.

Se você compra Windows 7 individualmente na caixa (no varejo, edição conhecida como FPP) e quer usá-lo em ambiente virtual a resposta é: sim, pode, mas com tantas restrições que o processo se torna inviável (consulte o documento ao final desse artigo para conhecer essas restrições).

Qual é então a forma adequada para licenciar o Windows virtual? A resposta é: Virtual Desktop Access, ou VDA (antigamente chamado de Virtual Enterprise Centralized Desktop – VECD).

O VDA é uma licença que a Microsoft oferece para clientes que desejam montar Virtual Desktop Infrastructure (VDI), independente da plataforma de virtualização.

O VDA é licenciado por dispositivo físico, usuário ou máquina virtual?

O VDA só é licenciado por dispositivo físico (PCs, thinclient, smartphone, iPad…) que vai acessar as máquinas virtuais, e não licenciado por virtual machine (VM) ou respectivos usuários.

Quantas VMs eu posso criar e acessar simultaneamente?

Cada dispositivo licenciado com VDA pode acessar simultaneamente até 4 VMs, não importa a quantidade de máquinas virtuais que você criou/armazenou em servidores. É importante lembrar que o VDA permite que você use em ambiente virtual a mais recente versão de Windows Client corporativa (Windows 7 Enterprise), além de contar com direito de downgrade (você pode criar VMs com Windows Vista Business, Windows XP Professional…)

Como é feito o processo de ativação das VMs com Windows 7 ou Windows Vista?

Use o método KMS de ativação, tornando esse processo transparente (artigo relacionado).

Quanto Custa?

O preço de tabela é de US$ 100 por dispositivo (consulte seu parceiro de licenciamento para saber o preço final em R$).

Uma ótima notícia é que desde Julho/2010 o VDA se tornou um benefício para os PCs que tem o Windows coberto por contrato de volume com Software Assurance. Isso quer dizer: VDA sem custo adicional nesse caso!

Cenários de Licenciamento

Vamos explorar alguns cenários para explicar como é feita a contagem das licenças:

  1. Tenho 200 dispositivos do tipo thinclient que serão usados por 300 pessoas para acessar 300 VMs com Windows 7 . Quantas licenças VDA eu preciso?
    Resposta: Duzentas, pois o VDA é licenciado contanto o número de dispositivos físicos que podem acessar as máquinas virtuais.
  2. Tenho 100 PCs com Windows que serão usados por 100 pessoas para acessar 200 VMs com Windows XP. Quantas licenças VDA eu preciso?
    Resposta: Se os 100 desktops tiverem o Windows com Software Assurance você não precisa pagar pelo VDA, pois já é um benefício desse tipo de contrato. Caso contrário você precisa de 100 VDAs.
  3. Tenho 50 PCs com Windows 7 + 50 thinclients que serão usados aleatoriamente por 40 pessoas para acessar 50 VMs com Windows 7. Quantas licenças VDA são necessárias?
    Resposta: Se os PCs tiverem Windows com Software Assurance você precisa apenas de 50 licenças VDA para cobrir os thinclients, caso contrário serão 100 VDAs no total.

Consulte o guia de referência de licenciamento VDA (em Português) para mais informações sobre esse licenciamento, assim como o site oficial de licenciamento de produtos (em Português).

Para dúvidas frequentes sobre licenciamento VDI e VDA consulte esse documento (link).

Quer montar um laboratório de VDI Microsoft? Comece por aqui: artigo relacionado.

20 Respostas para “Como licenciar o Windows em ambiente VDI

  1. Pingback: Como licenciar corretamente o ambiente de desktops virtuais–VDI « Carlos Monteiro's Blog

  2. Pingback: Licenciamento corretamente para ambiente de desktops virtuais–VDI | ıllııll Julio Vaz ıllııll

  3. Pingback: Como licenciar Windows Server em ambientes virtuais « Virtualização e Otimização de Infraestrutura

  4. Jeferson Amorim 14/11/2012 às 15:05

    Me tire uma dúvida, sobre este post para licenciamento de VMs com Windows 7 através das VDAs, reference a Criação de VMs pelo Windows 2008 DataCenter ou pelo fato do windows DataCenter não ter limite de licenciamento de VMs refere a criação de VMs com windows 8 r2, se eu for criar uma VM em cima do Windows 2008 Datacenter com windows 7 esta política sem limites do DataCenter não será válida e eu tenho que licenciar cada VM com Windows 7 pelas VDAs?

    • marcelomatias 18/11/2012 às 08:28

      Jeferson, o licenciamento de VMs de Windows Server é totalmente diferente do licenciamento de VMs de Windows “Client” para VDI. Quando você licencia Windows Server (atualmente Datacenter ou Standard, na versão 2012) você ganha direitos de uso de ‘n’ instancias virtuais de Windows Server.
      No caso de VDI o licenciamento não é por máquina virtual, mas sim pelos dispositivos que acessam as máquinas virtuais. Dê uma olhada no PDF indicado nesse artigo para entender os cenários de exemplo.

      Marcelo

      • Jeferson Amorim 20/11/2012 às 11:10

        Obrigado marcelo, mas teria uma segunda opção para licenciamento além das VMs licenciadas pelo Windows Server ao fato do acesso de por exemplo clientes thin clients rodando android?

      • marcelomatias 20/11/2012 às 11:43

        Jeferson, não entendi sua duvida… para licenciar as VMs de Windows XP, Vista, W7, W8 em ambiente de VDI o licenciamento é o que está descrito nesse blog. A conta é sempre por dispositivo, como descrito no blog e no pdf de referência.

        Recomendo entrar em contato com um parceiro de licenciamento Microsoft para esclarecer melhor a sua necessidade.

        Marcelo

  5. Cristiano 20/06/2013 às 17:58

    Artigo simples e eficaz. Parabéns.

  6. alansteixeira 27/10/2013 às 03:36

    Marcelo,

    Então a Microsoft retém o que pensamos está economizando com a implantação do VDI. Essa assinatura de VDI é perpétua?

    • marcelomatias 27/10/2013 às 15:56

      Alan, o Windows deve SEMPRE ser licenciado por não ser gratuito. Pensar que VDI reduz custo a curto prazo é um grande erro. Estude o investimento necessário para montar um ambiente de VDI de alta disponibilidade para você ver o peso de cada componente (servidor, storage, backup, rede, software de infraestrutura e gerenciamento…)

      O VDA é um modelo de assinatura que permite a flexibilidade que um ambiente VDI proporciona (desktop como serviço), e por isso é licenciado de maneira diferente. Ele não existe no modelo perpétuo/varejo.

      Marcelo

  7. Silvio 19/02/2014 às 17:13

    Marcelo,

    caso eu monte um ambiente com 8 VMs e eu possua 1 servidor linux rodando LTSP e 8 máquinas sendo cliente desse LTSP. De forma que todos os acessos as VMs são através do LTSP. Duas licença seria o suficiente? Uma vez que cada dispositivo pode acessar 4 VMs simultaneamente?

    Obrigado

    • marcelomatias 19/02/2014 às 19:47

      Silvio, a conta vale a partir do dispositivo que o usuário usa para acessar o ambiente. Sendo oito máquinas físicas usadas como cliente, são oito licenças de VDA.

      • Silvio 21/02/2014 às 12:02

        Ok, outra dúvida. E para Windows Terminal Server? Imagine que seja instalado um servidor windows 2003 e aplicado licença por dispositivos. Esse servidor possui acesso somente do servidor LTSP, e nesse servidor LTSP possui 8 máquinas clientes penduradas. Qual seria o correto? Licença WTS para 1 dispositivo ou para 8 dispositivos?
        Obrigado.

      • marcelomatias 24/02/2014 às 19:38

        Silvio, a regra para conta dos dispositivos de acesso não depende de sistemas intermediários que você possa usar. Nesse caso os usuários ainda continuam acessando o ambiente através de 8 dispositivos.

        A única diferença é que para Remote Desktop Services (antigo Terminal Server) você pode optar pelo licenciamento por dispositivo ou por usuário (RDS CAL).

        Esqueça pensar em soluções para burlar o licenciamento adequado, do tipo: “e se eu usar uma mesma conta de usuário para logar nos 8 dispositivos ao mesmo tempo, se na prática serão 8 pessoas diferentes?”.

        Lembre-se que o Windows sempre requer licenciamento, e a documentação que eu incluí nesse artigo documenta bem esses cenários.

        Marcelo

  8. Carlos Antonio Neto 24/04/2014 às 14:39

    Marcelo,
    Utilizo 3 licenças Windows 2012 Datacenter em 3 host VMware Enterprise, criei alguns servidores que são acessados via RDP que tem padrão 2 acessos (administração), ou seja, estou fazendo um VDI com servidores Windows.
    Estação (Linux) -> RDP -> ServerX01.
    Estação (Windows 7) -> RDP -> ServerX02.
    Teria alguma irregularidade?
    ** Tenho bastante recurso de hardware para suprir a necessidades do Windows Server 2012.
    Abraços
    Carlos Antônio

    • marcelomatias 12/10/2014 às 09:16

      Carlos, o acesso remoto que cada instalação de Windows Server oferece nativamente é apenas para gerenciamento. Recomendo que você entre em contato com algum parceiro Microsoft de licenciamento para esclarecer melhor o seu cenário.

  9. Marcus Vieira 16/12/2014 às 13:14

    Marcelo
    Para cada estação virtualizada nos servidores do Datacenter é necessário uma licença do Windows 7/8 ?

  10. Pingback: Dúvida interessante sobre licenciamento Windows Server 2012 ou 2012 R2 Datacenter | MVP Alexandro Prado [Windows Expert IT Pro]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: